A credibilidade em primeiro lugar!

  • RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
Postado por Fillipe Rodollfo - -


Com muita surpresa foram anunciados os indicados ao Grammy Latino na categoria Melhor Álbum Cristão em Português já que a única representante da música evangélica na premiação é a cantora Aline Barros com o álbum “Extraordinário Amor de Deus”. Diferente de outros anos em que destacou trabalhos de bandas evangélicas o Grammy Latino indicou junto com Aline os grupos católicos, Ministério Adoração e Vida, Rosa de Saron e Padre Zezinho.

A cantora declarou estar muito feliz com a indicação declarando:

A gente nunca espera, e quando o resultado chega, a gente tem uma surpresa. Estou muito feliz, minha família também. Maria Catherine já chutou bastante, ela com certeza também está muito contente! A gente sabe que o que acontece na nossa vida é tremendo, Deus sabe de tudo. Este CD tem movido o coração de muitas pessoas. Tenho certeza que Ele está preparando algo especial, não só para mim, mas para todas as pessoas que O amam. Esta indicação é fruto Extraordinário Amor de Deus por nós.

Muitos artistas e produtores reagiram aos indicados pelo twitter já que a premiação sempre destacou artistas evangélicos tendo como vencedores Aline Barros, Soraya Moraes, Oficina G3 e Marina de Oliveira. Sobre essa polêmica o produtor Rubem di Souza declarou no Twitter:

Vergonha!!!!Faço parte do Comitê Cristão do Grammy Latino escolhemos 45 albums e esses indicados…. que isso, qnta gente boa ficou de fora!
Não adianta ter um comitê cristão e bá hora da indicaçao acontecer isso!!! Triste muito triste……. #latingrammyfail

Ele não criticou a indicação da Aline, mas sim a má distribuição das indicações. Dentre 5, apenas 1 era evangélico. E dentre os indicados há projetos que deixam a desejar comparados com outros do meio cristão que não entraram na lista.

Fonte: Gospel+